Pular para o conteúdo principal

Significado de Ebenezer

Significado de Ebenezer


Ebenézer significa pedra da ajuda, ou gratidão, é um termo em hebraico.

Ebenézer é uma aldeia de Efraim (região de Canaã), onde os Filisteus derrotaram os Israelitas e tomaram a Arca da Aliança.

Posteriormente os israelitas derrotaram os filisteus e reconquistaram a Arca da Aliança. Nesta altura, o profeta Samuel ergueu uma pedra e a chamou de Ebenézer, para comemorar a vitória em um lugar onde tinham sido derrotados anteriormente (onde cerca de 34 mil israelitas foram mortos em combate).

O termo também aparece na Bíblia, onde Samuel pegou a pedra onde foi comemorada a vitória, chamou-a de Ebenézer e disse a frase: “Até aqui nos ajudou o Senhor”, atualmente desconhece-se especificamente a localização da pedra.

Ebenézer também é o nome de cidades na Austrália, no Canadá e nos Estados Unidos.

Ebenezer Howard

Ebenezer Howard foi um pré-urbanista inglês autor da obra Garden Cities of To-morrow, que descrevia uma cidade na qual as pessoas viviam em harmonia com a natureza. Essa obra inspirou a criação do movimento das cidades-jardins.

Ebenezer Scrooge

Ebenezer Scrooge é o personagem principal da história A Christmas Carol (Conto de Natal em português) publicada em 1843 de autoria do escritor inglês Charles Dickens.

Fonte: Significados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado de Mãos Atadas

Significado de Mãos Atadas
Mãos atadas é uma expressão popular usada para indicar que uma pessoa está sendo impedida de agir, de tomar alguma iniciativa, de tomar alguma medida para resolver ou solucionar algum problema.'Estar com as mãos atadas' é estar impossibilitada, por diversos motivos, de buscar uma solução para se livrar de algo que está lhe importunando, desgostando, perturbando e lhe causando algum incômodo.A expressão 'de mãos e pés atados' é  usada para dar maior ênfase ao seu significado, é para dizer que existe um impedimento bastante significativo para a solução de algum problema.A expressão 'mãos atadas' é também usada para dizer que um indivíduo é sovina, é avarento, que é uma pessoa que não gosta de gastar dinheiro, que economiza tudo que pode, e geralmente o que têm não gasta com bobagens.'Mão atadas' é o nome da música da cantora Zélia Duncan, lançada em 2005, no álbum  Pré, Pós tudo, Bossa Band.'De Mão Atadas' é o título do r…

Significado de Zonas Pilosas

Significado de Zonas Pilosas
Zonas pilosas é uma região da raiz das plantas onde se situam os pêlos radiculares responsáveis pela absorção da água e sais minerais que farão parte da seiva bruta. Estão situadas geralmente, acima da zona de distensão, onde a raiz apresenta a maior taxa de crescimento.Nas plantas, todas as raízes possuem uma zona pilosa, caracterizada por possuir muitos pêlos finos, que têm como função absorver a água que a planta necessita para as suas atividades vitais sem as quais a planta não consegue viver. Esse processo de absorção da água do solo é uma das matérias primas para o processo de fotossíntese das plantas.A área radicular corresponde a 130 vezes a área da parte áerea da planta e é uma adaptação contra a grande perda de água na forma de vapor - transpiração vegeta. - que ocorre na parte aérea. Quando uma planta é arrancada do solo, perde grande quantidade desses pelos absorventes e de raízes pequenas. Com isso, sua capacidade de absorção, principalmente de…

Significado de Avohai

O que significa Avohai
Avohai é um neologismo criado pelo cantor e compositor brasileiro Zé Ramalho, e consiste na aglutinação das palavras “avô” e “pai”.De acordo com a história divulgada na biografia do artista – “Zé Ramalho: o poeta dos abismos” – esta palavra teria surgido durante uma experiência com drogas alucinógenas.O avô de Zé Ramalho teria desempenhado um importante papel paterno para o cantor, que perdeu o pai biológico enquanto ainda era criança.Na interpretação de Zé Ramalho, o “avôhai” é a sabedoria que consegue passar por gerações, seja de avô para pai, pai para filho, ou mesmo avô para filho.Letra da música Avôhai“Um velho cruza a soleira / De botas longas, de barbas longas / De ouro o brilho do seu colar / Na laje fria onde coarava / Sua camisa e seu alforje / De caçador / Oh meu velho e invisível / Avôhai / Oh meu velho e indivisível / Avôhai / Neblina turva e brilhante / Em meu cérebro, coágulos de sol / Amanita matutina / E que transparente cortina / Ao meu redor / …