Pular para o conteúdo principal

Normas da ABNT para Trabalhos Acadêmicos

Normas da ABNT para Trabalhos Acadêmicos


A Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, entre outras atribuições, é responsável por padronizar a formatação de documentos técnicos, visando facilitar a sua compreensão e o acesso ao conhecimento científico.

Nesse sentido, a ABNT editou documentos oficiais denominados de “Normas Brasileiras - NBR” que formam um conjunto de regras que devem ser seguidas na elaboração de trabalhos acadêmicos, artigos científicos e afins. Confira aqui o conteúdo dessas normas.

Estrutura Geral

A estrutura geral de formatação de trabalhos acadêmicos estão previstas na NBR 14724/2005, que inicia com o seguinte esquema:

EstruturaElementos
Pré-textual
  • Capa
  • Lombada (opcional)
  • Folha de rosto
  • Errata (opcional)
  • Folha de aprovação
  • Dedicatória (opcional)
  • Agradecimentos (opcional)
  • Epígrafe (opcional)
  • Resumo na língua vernácula
  • Resumo em língua estrangeira
  • Lista de ilustrações (opcional)
  • Lista de tabelas (opcional)
  • Lista de abreviaturas e siglas (opcional)
  • Lista de símbolos (opcional)
  • Sumário
Textual
  • Introdução
  • Desenvolvimento
  • Conclusão
Pós-textual
  • Referências
  • Glossário (opcional)
  • Apêndices (opcional)
  • Anexos (opcional)
  • Índice (opcional)

O trabalho deverá conter, no mínimo, todos os elementos obrigatórios da tabela acima. Os opcionais ficam a critério do autor do trabalho ou da instituição de ensino.

Independente de quantos elementos entrem no trabalho, todos deverão ser colocados na mesma ordem demonstrada na tabela.

Veja exemplos de formatação para todos os elementos acima.

Regras Gerais

A norma prevê também as regras gerais de formatação dos trabalhos acadêmicos. Essas regras deverão ser aplicadas em todos os elementos do trabalho, salvo os que tiverem regras específicas em sentido contrário (que serão mencionadas abaixo).

Formato

Como regra geral, os trabalhos deverão ser apresentados em papel branco e de formato A4 (21cm x 29,7cm). O conteúdo deverá ser inserido somente no anverso (frente) das folhas, com exceção da folha de rosto, que conterá em seu verso a ficha catalográfica.

Fonte

A fonte utilizada no trabalho inteiro será de tamanho 12. No entanto, a norma prevê que os seguintes elementos deverão ser digitados em tamanho menor, não especificado:

  • citações de mais de três linhas
  • notas de rodapé
  • paginação
  • legendas de ilustrações e tabelas 

Espaçamento

O espaçamento do texto inteiro será de 1,5, com a exceção dos seguintes elementos, que deverão adotar espaçamento simples:

  • citações de mais de três linhas
  • notas de rodapé
  • paginação
  • legendas de ilustrações e tabelas
  • natureza, objetivo e nome da instituição (presentes na folha de rosto)
  • ficha catalográfica (presente no verso da folha de rosto)

Margens

O tamanho das margens será de:

  • 3 cm para as margens esquerda e superior
  • 2 cm para as margens direita e inferior

Paginação

Partindo da folha de rosto, todas as folhas deverão ser contadas, mas a numeração só começa na primeira folha da introdução do trabalho. Por isso, a quantidade de folhas nos elementos pré-textuais (ver tabela acima) definirá o número da primeira página numerada.

Citações

As regras de citações estão previstas na NBR 10520/2002. Segundo ela, as citações deverão conter as informações necessárias à identificação da fonte consultada e obedecerão as seguintes regras:

  • se a indicação do autor da fonte for feita fora de parênteses, a mesma será em letras maiúsculas e minúsculas [Ex: '...como disse Albert Einstein.']
  • se a indicação do autor da fonte for feita dentro de parênteses, a mesma será será em letras maiúsculas, somente. [Ex: 'A imaginação é mais importante do que o conhecimento.' (EINSTEIN)]
  • se a citação tiver mais de 3 linhas, ela deverá obedecer um recuo de 4cm da margem esquerda, ter espaçamento simples e o tamanho da fonte deverá ser menor do que o resto do texto
  • citações dentro de citações deverão ser feitas dentro de aspas simples [Ex: '...Einstein disse 'a imaginação é mais importante do que o conhecimento' antes de falar que...']

Veja alguns exemplos de citações.

Elementos Pré-Textuais

Capa

A capa será composta pelo:

  • nome da instituição de ensino (opcional)
  • nome do autor
  • título e subtítulo do trabalho
  • número de volumes (se houver mais de um)
  • local e ano da apresentação

Lombada

A lombada deverá conter:

  • título do trabalho
  • nome do autor
  • eventuais informações que caracterizem a obra (ex: Volume 02)

Todas essas informações deverão ser impressas no mesmo sentido da lombada.

Folha de Rosto

Na folha de rosto aparecerão os mesmos elementos da capa, com os seguintes acréscimos:

  • natureza e objetivo do trabalho
  • identificação dos examinadores
  • ficha catalográfica impressa no verso

Essas três últimas informações deverão adotar espaçamento simples.

Errata

A errata mostrará a referência do trabalho e a identificação do erro com a sua devida correção.

Folha de Aprovação

Na folha de aprovação constará:

  • nome do autor,
  • título, subtítulo, natureza e objetivo do trabalho
  • data da aprovação
  • nota (opcional)
  • assinatura dos avaliadores.

Dedicatória, Agradecimentos e Epígrafes

As dedicatórias, agradecimentos e epígrafes não possuem regras específicas.

Resumos

As regras relacionadas aos resumos estão na NBR 6028/2003. A norma prevê que o resumo deverá ser uma breve apresentação do trabalho (um único parágrafo), citando seus objetivos, métodos e conclusões. Logo abaixo deverão ser apontadas as palavras-chave, que são os termos centrais contidos no resumo, capazes de transmitir a ideia principal do trabalho.

O resumo em língua estrangeira será a tradução fiel do resumo em língua vernácula. De igual forma, as palavras-chave também serão traduzidas.

Lista de Ilustrações, Tabelas, Abreviaturas, Siglas ou Símbolos

As listas de ilustrações, tabelas, abreviaturas, siglas ou símbolos deverão listar seus itens na ordem em que eles aparecem no trabalho, identificando o número da página (no caso de ilustrações e tabelas) e o seu significado (quando se tratar de abreviaturas, siglas e símbolos).

Sumário

A NBR 6027/2003 dispõe as regras referentes ao sumário, que deverá mostrar em ordem os tópicos e subtópicos que serão abordados no trabalho, especificando o número da página de cada um. Essa paginação poderá ser:

  • pelo número da página em que o tópico começa a ser abordado (exemplo: 14)
  • pelo intervalo de páginas em que o tópico é abordado, separando os números por hífen (exemplo: 30-45)
  • pelos números das páginas em que se distribui a abordagem do tópico (exemplo: 27, 35, 64 ou 27-30, 35-38, 64-70)

O sumário é o último elemento pré-textual, e não apontará os elementos anteriores a ele.

Elementos Pós-Textuais

Referências

As referências estão reguladas pela NBR 6023/2002. Elas deverão conter todas as informações necessárias à identificação das fontes, tais como:

  • autor
  • título
  • edição 
  • local editora  
  • data de publicação

Obrigatoriamente as referências deverão constar em folha exclusiva localizada logo após a conclusão no trabalho, mas também poderão aparecer em notas de rodapé, no fim de capítulos ou antes de resumos e resenhas.

Confira as principais formatações de referências.

Glossário

O glossário deverá reunir os termos utilizados no trabalho, que necessitem de definição. A organização das palavras deverá ser em ordem alfabética.

Apêndices e Anexos

Os apêndices e anexos são documentos eventualmente juntados ao trabalho. A NBR 14724/2005 estipula somente que a apresentação dos apêndices e anexos deverá ser feita através de leitras maiúsculas, seguidas de travessão e a definição do conteúdo. (Ex: APÊNDICE A - Lista de Normas da ABNT)

Índice

A NBR 6034/2004 define o índice como uma 'relação de palavras ou frases, ordenadas segundo determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas num texto.'

Ele deverá ser o último elemento do trabalho, e poderá ordenar os termos por ordem alfabética, sistemática, cronológica e numérica.

Fonte: Significados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado de Salamaleico

O que significa Salamaleico
Salamaleico é uma expressão árabe utilizada pelos muçulmanos como uma saudação, e significa: “que a paz esteja sobre vós”.Originalmente, a grafia correta desta expressão é Salaam Aleikum ou As-Salamu Alaikum, sendo que “salamaleico” seria a versão aportuguesada desta saudação árabe.Quando alguém diz “salamaleico” para determinada pessoa, a resposta esperada deve ser: Alaikum As-Salaam ou Aleikum Essalam, que significa 'esteja a paz de Deus sobre vós também”.Ver também: o significado da expressão Namastê.A partir deste termo, surgiu a palavra salamaleque na língua portuguesa, que possui o significado literal de “a paz esteja contigo”, mas também utilizada para se referir a um cumprimento demasiado polido e sem naturalidade.Esta saudação é comum principalmente entre os muçulmanos que seguem a doutrina religiosa do islamismo.Saiba mais sobre o significado do Islamismo.Fonte: Significados

Significado de Mãos Atadas

Significado de Mãos Atadas
Mãos atadas é uma expressão popular usada para indicar que uma pessoa está sendo impedida de agir, de tomar alguma iniciativa, de tomar alguma medida para resolver ou solucionar algum problema.'Estar com as mãos atadas' é estar impossibilitada, por diversos motivos, de buscar uma solução para se livrar de algo que está lhe importunando, desgostando, perturbando e lhe causando algum incômodo.A expressão 'de mãos e pés atados' é  usada para dar maior ênfase ao seu significado, é para dizer que existe um impedimento bastante significativo para a solução de algum problema.A expressão 'mãos atadas' é também usada para dizer que um indivíduo é sovina, é avarento, que é uma pessoa que não gosta de gastar dinheiro, que economiza tudo que pode, e geralmente o que têm não gasta com bobagens.'Mão atadas' é o nome da música da cantora Zélia Duncan, lançada em 2005, no álbum  Pré, Pós tudo, Bossa Band.'De Mão Atadas' é o título do r…

Significado de Avohai

O que significa Avohai
Avohai é um neologismo criado pelo cantor e compositor brasileiro Zé Ramalho, e consiste na aglutinação das palavras “avô” e “pai”.De acordo com a história divulgada na biografia do artista – “Zé Ramalho: o poeta dos abismos” – esta palavra teria surgido durante uma experiência com drogas alucinógenas.O avô de Zé Ramalho teria desempenhado um importante papel paterno para o cantor, que perdeu o pai biológico enquanto ainda era criança.Na interpretação de Zé Ramalho, o “avôhai” é a sabedoria que consegue passar por gerações, seja de avô para pai, pai para filho, ou mesmo avô para filho.Letra da música Avôhai“Um velho cruza a soleira / De botas longas, de barbas longas / De ouro o brilho do seu colar / Na laje fria onde coarava / Sua camisa e seu alforje / De caçador / Oh meu velho e invisível / Avôhai / Oh meu velho e indivisível / Avôhai / Neblina turva e brilhante / Em meu cérebro, coágulos de sol / Amanita matutina / E que transparente cortina / Ao meu redor / …