Pular para o conteúdo principal

Significado da Pós-modernidade

Significado da Pós-modernidade


Pós-modernidade é um conceito que representa toda a estrutura sócio-cultural desde o fim dos anos 80 até os dias atuais. Em suma, a pós-modernidade consiste no ambiente em que a sociedade pós-moderna está inserida, caracterizada pela globalização e domínio do sistema capitalista.

Vários autores dividem a pós-modernidade em dois principais períodos. A primeira fase teria começado com o fim da Segunda Guerra Mundial e se desenvolvido até o declínio da União Soviética (fim da Guerra Fria). Já a segunda e derradeira etapa teve início no fim da década de 1980, com a quebra da bipolaridade vivida no mundo durante a Guerra Fria.

Etapas da Pós-modernidade

Primeira etapa da Pós-Modernidade

De modo geral, a pós-modernidade representa a 'quebra' com antigos modelos de pensamento linear defendidos na era moderna pelos iluministas. Estes eram baseados na defesa da razão e ciência como parte de um plano em prol do desenvolvimento da humanidade.

Porém, com os horrores presenciados na Segunda Guerra Mundial, começou a crescer um forte sentimento de insatisfação e decepção na sociedade, visto que todo o 'plano' moldado com base nos ideais iluministas havia falhado.  

De acordo com Jean François Lyotard (1924 - 1998), um dos mais importantes filósofos a conceituar a pós-modernidade, esta pode ser claramente exemplificada como a total falência das ideias tidas como certas e verdadeiras em outrora pelos pensadores modernos.

A pós-modernidade questiona as grandes utopias e antigas certezas que antes eram defendidas pelos iluministas. Desta forma, passa a considerar tudo como um conjunto de meras hipóteses ou especulações.

Segunda etapa da Pós-Modernidade: consolidação

Muitos estudiosos consideram o fim da década de 1980 como a consolidação definitiva da Pós-Modernidade como uma estrutura social, política e econômica no mundo. Com o fim da bipolaridade imposta pela Guerra Fria, o mundo passou a viver sob uma Nova Ordem, baseada na ideia de pluralidade e globalização entre quase todas as nações.

Os avanços tecnológicos e nos meios de comunicação, o boom da internet e o monopólio do sistema capitalista são algumas das características que ajudaram a consolidar os princípios que definem a sociedade pós-moderna.

A definição de pós-modernidade é complexa e existem diferentes pontos de vista sobre a sua formação e significado. Vários sociólogos, filósofos, críticos e estudiosos buscam explicar esse fenômeno que 'substituiu' os princípios que em outrora marcaram a modernidade.

Características da pós-modernidade

A pós-modernidade é caracterizada pela ruptura com os ideais iluministas que eram defendidos durante a era moderna, como os sonhos utópicos da construção de uma sociedade perfeita com base em princípios tidos como verdadeiros e únicos.

Entre outras características de destaque, ênfase para:

  • Substituição do pensamento coletivo, e emersão do sentimento de individualismo, representado pelo narcisismo, hedonismo e consumismo;
  • Valorização do 'aqui e agora' (Carpe Diem);
  • Hiper-realidade (mistura entre o real e o imaginário, principalmente com o auxílio das tecnologias e ambientes online);
  • Subjetividade (nada é concreto e fixo. A ideia antes tida como verdadeira passa a ser interpretada apenas como mais uma no conjunto das hipóteses);
  • Multiculturalismo e Pluralidade (fruto da globalização e mistura entre características típicas de cada cultura, por exemplo);
  • Fragmentação (mistura e união de vários fragmentos de diferentes estilos, tendências, culturas, etc);
  • Descentralização;
  • Banalização ou ausência de valores.

Veja também o significado de Multiculturalismo

Pós-modernidade ou Pós-modernismo?

Há uma grande discussão em volta do uso correto desses dois termos. Alguns estudiosos consideram ambos sinônimos, enquanto outros tratam de enfatizar as diferenças entre a pós-modernidade e o pós-modernismo.

Fredric Jameson, crítico literário norte-americano e um dos principais autores a analisar a pós-modernidade, defende que, embora semelhantes em alguns aspectos, os dois conceitos são distintos.

A pós-modernidade seria uma estrutura, ou seja, o modo como a atual sociedade está configurada. Para Jameson este período pode ser chamado de 'capitalismo tardio' ou 'terceiro momento do capitalismo'. Em suma, representa o período em que a globalização se consolida, assim como as mudanças nas áreas tecnológicas, comunicacionais, científicas, econômicas, etc.

Por outro lado, o pós-modernismo deve ser interpretado como um estilo artístico-cultural, que nasceu essencialmente a partir da arquitetura e se espalhou para as artes e literatura.

Ou seja, seria correto usar o termo pós-modernismo para se referir às obras e demais trabalhos estilísticos que apresentam características da pós-modernidade, como: 

  • ausência de regras e valores;
  • individualismo;
  • pluralidade;
  • choque e mistura entre real e imaginário (hiper-real);
  • liberdade de expressão, etc.

Para Jameson essa diferenciação é importante, pois enquanto o estilo é algo efêmero (muda facilmente), a alteração de uma estrutura não é tão fácil. 

Zygmunt Bauman e a 'Modernidade Líquida'

Os estudos feitos por Bauman (1925 - 2017) sobre a pós-modernidade e suas consequências, são considerados um dos mais significativos, seja no campo sociológico ou filosófico.

O pensador polonês cunhou a expressão 'modernidade líquida' para se referir ao período conhecido como pós-modernidade.
Para Bauman, as relações sociais na pós-modernidade são muito efêmeras, ou seja, assim como se constroem facilmente, tendem a ser destruídas com a mesma facilidade. Os relacionamentos mantidos através das redes sociais na internet é um bom exemplo do princípio da fluidez das relações contemporâneas.

A instabilidade, fragmentação, descentralização e multipluralidade, que são algumas das características mais marcantes da sociedade pós-moderna, ajudam a entender a ideia do uso da palavra 'líquida' para definir o estado da atual 'modernidade', de acordo com Bauman.

Assim como os líquidos não possuem uma forma e podem 'deslizar' com mais facilidade de um lado para outro em um jarro, por exemplo, dessa forma também podem ser descritos os comportamentos e valores humanos da sociedade globalizada. 

Diferença entre Modernidade e Pós-modernidade

Para muitos estudiosos, a chamada 'era moderna' teria se iniciado a partir da Revolução Francesa (século XVIII), quando houve o rompimento com os pensamentos que vigoravam no período medieval para ascender os ideais iluministas. 

Segundo os princípios do Iluminismo, durante a Modernidade predominava a razão e a ciência como meios exclusivos de conquistar a verdade absoluta de todas as coisas.

Durante a era moderna também teve início da Revolução Industrial, que se desenvolvia enquanto a sociedade vivia em meio a um grande conflito ideológico. Vale ressaltar que naquela época era assimilada a ideia da existência de uma verdade derradeira e definitiva.

Diferente do estado fragmentado da pós-modernidade, na modernidade predominava o pensamento linear e cartesiano, onde a sociedade se reunia sob o manto de um propósito em comum. Os 'planos' em prol de construir estruturas sociais utópicas era o que motivava a humanidade durante esse período.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, houve uma profunda crise na sociedade que começa a abandonar os antigos 'planos' fracassados da era moderna. Assim, emerge, aos poucos, todas as características que definem a atual sociedade pós-moderna: o individualismo, o predomínio do capitalismo, o consumismo, a valorização do prazer individual, etc.

ModernidadePós-modernidade
Início na Revolução Francesa (séc. XVIII).Início no fim da Guerra Fria (anos 80 do séc. XX).
Pensamento linear e cartesiano.Pensamento fragmentado.
Plano coletivo, em busca do 'sonho utópico'.Individualismo / Cada pessoa em busca de seus prazeres e satisfações individuais.
Busca pela ordem e progresso.Quebra de barreiras territoriais e culturais / Globalização.
Trabalhar em prol de um 'plano' coletivo para o futuro.Hedonismo / Viver o 'aqui e o agora'.

Saiba mais sobre o Iluminismo. E para entender melhor o significado da estrutura da pós-modernidade, veja também o que é a Globalização.

Fonte: Significados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado de Salamaleico

O que significa Salamaleico
Salamaleico é uma expressão árabe utilizada pelos muçulmanos como uma saudação, e significa: “que a paz esteja sobre vós”.Originalmente, a grafia correta desta expressão é Salaam Aleikum ou As-Salamu Alaikum, sendo que “salamaleico” seria a versão aportuguesada desta saudação árabe.Quando alguém diz “salamaleico” para determinada pessoa, a resposta esperada deve ser: Alaikum As-Salaam ou Aleikum Essalam, que significa 'esteja a paz de Deus sobre vós também”.Ver também: o significado da expressão Namastê.A partir deste termo, surgiu a palavra salamaleque na língua portuguesa, que possui o significado literal de “a paz esteja contigo”, mas também utilizada para se referir a um cumprimento demasiado polido e sem naturalidade.Esta saudação é comum principalmente entre os muçulmanos que seguem a doutrina religiosa do islamismo.Saiba mais sobre o significado do Islamismo.Fonte: Significados

Significado de Mãos Atadas

Significado de Mãos Atadas
Mãos atadas é uma expressão popular usada para indicar que uma pessoa está sendo impedida de agir, de tomar alguma iniciativa, de tomar alguma medida para resolver ou solucionar algum problema.'Estar com as mãos atadas' é estar impossibilitada, por diversos motivos, de buscar uma solução para se livrar de algo que está lhe importunando, desgostando, perturbando e lhe causando algum incômodo.A expressão 'de mãos e pés atados' é  usada para dar maior ênfase ao seu significado, é para dizer que existe um impedimento bastante significativo para a solução de algum problema.A expressão 'mãos atadas' é também usada para dizer que um indivíduo é sovina, é avarento, que é uma pessoa que não gosta de gastar dinheiro, que economiza tudo que pode, e geralmente o que têm não gasta com bobagens.'Mão atadas' é o nome da música da cantora Zélia Duncan, lançada em 2005, no álbum  Pré, Pós tudo, Bossa Band.'De Mão Atadas' é o título do r…

Significado de Avohai

O que significa Avohai
Avohai é um neologismo criado pelo cantor e compositor brasileiro Zé Ramalho, e consiste na aglutinação das palavras “avô” e “pai”.De acordo com a história divulgada na biografia do artista – “Zé Ramalho: o poeta dos abismos” – esta palavra teria surgido durante uma experiência com drogas alucinógenas.O avô de Zé Ramalho teria desempenhado um importante papel paterno para o cantor, que perdeu o pai biológico enquanto ainda era criança.Na interpretação de Zé Ramalho, o “avôhai” é a sabedoria que consegue passar por gerações, seja de avô para pai, pai para filho, ou mesmo avô para filho.Letra da música Avôhai“Um velho cruza a soleira / De botas longas, de barbas longas / De ouro o brilho do seu colar / Na laje fria onde coarava / Sua camisa e seu alforje / De caçador / Oh meu velho e invisível / Avôhai / Oh meu velho e indivisível / Avôhai / Neblina turva e brilhante / Em meu cérebro, coágulos de sol / Amanita matutina / E que transparente cortina / Ao meu redor / …