Pular para o conteúdo principal

Tipos de recursos naturais

Tipos de recursos naturais


Os recursos naturais são os bens que vêm da natureza e são usados pelo homem para várias finalidades diferentes. São exemplos: água, vento, luz solar, ar, florestas, vegetais, minerais, solo, entre outros.

O uso dos recursos naturais pode ser feito tanto para exploração econômica como para geração de outros bens que serão usados em benefício do homem, como é o caso dos recursos naturais que são transformados em energia ou do uso da água.

Os recursos naturais podem ser classificados em dois grandes grupos: renováveis e não renováveis. O que os define é a capacidade e a velocidade de renovação do recurso. Assim, a classificação é feita de acordo com este requisito.

Recursos renováveis

Os recursos renováveis são os bens que não se acabam pois sempre serão produzidos pela natureza, ou seja, por mais que sejam utilizados pelo homem, eles não se esgotam. Portanto, os recursos renováveis são caracterizados por possuírem uma alta capacidade de recuperação.

São exemplos de recursos renováveis: luz do sol (energia solar), vento e ar (energia eólica) e os mares e os rios (energia hidrelétrica). 

Energia solar
Energia eólica (vento) e energia solar

Recursos potencialmente renováveis

Existem alguns recursos que pertencem a uma classificação intermediária chamada de potencialmente renovável. Estes recursos foram classificados desta forma pois eles possuem capacidade de regeneração, mas sua duração depende da forma e da quantidade que é extraído da natureza.

Água potável

Um exemplo de recurso potencialmente renovável é a água potável. A água, de forma geral, é um recurso inesgotável. Entretanto, somente 3% da água existente na Terra é potável e pode ser consumida pelo ser humano.

Assim, a água potável merece uma atenção especial com seu uso, pois ela pode deixar de existir caso seja usada de maneira indiscriminada e sem controle.

As reservas de água potável são repostas pelas chuvas, aproximadamente nas mesmas proporções, em qualquer período da história. Mas questões como aumento da população mundial e desperdício de água potável podem ser as causas de uma futura falta de água própria para o consumo humano.

Recursos não renováveis

Os recursos não renováveis são os que podem acabar ou diminuir muito, caso não sejam usados com moderação, de forma consciente. São alguns exemplos: água, vegetação, florestas, minerais, pedras preciosas, gás natural, energia nuclear e petróleo.

Um recurso não renovável, depois que é utilizado, não é devolvido a sua origem na natureza e não possui capacidade de manutenção. É justamente por este motivo que estes recursos são chamados de não renováveis, pois eles vão deixando de existir à medida que são usados.

Os recursos naturais podem não ser renováveis por duas razões:

  1. Podem existir na natureza em uma quantidade determinada: alguns tipos de recursos estão na natureza em um número fixo e não podem ser repostos, nem pela ação do homem e nem pela natureza. Nestes casos as reservas destes recursos inevitavelmente acabarão um dia, como o gás natural, a prata e o ouro.
  2. O tempo de regeneração é muito lento: nessa situação o recurso natural até pode ser reposto (pelo homem ou pela natureza), mas como a velocidade de regeneração é lenta, é muito provável que eles se esgotem se forem retirados da natureza em grandes quantidades. Para que estes recursos não deixem de existir é preciso que sejam utilizados à medida que forem novamente formados na natureza. O melhor exemplo desta situação é a água potável.

Petróleo
Plataforma de exploração de petróleo

Como manter os recursos não renováveis?

Para evitar que este tipo de recurso se esgote é preciso que o seu uso seja feito de forma moderada e consciente. Além disso, existem formas de conservação e de reposição que se aplicam aos diferentes tipos de bens da natureza.

O ideal é que estes recursos que são retirados da natureza sejam renovados naturalmente ou pela ação do homem. Assim, tanto a retirada dos recursos quanto a sua renovação devem ser feitas de forma planejada e eficiente.

Desta forma os recursos serão continuamente preservados, garantindo a continuidade destes bens naturais. Por exemplo: quando se faz o desmatamento de uma determinada área florestal, deve haver a reposição e plantio de novas mudas de árvores. O mesmo deve acontecer com espécies vegetais.

Alguns destes recursos não renováveis, como é o caso dos minerais, possuem capacidade de regeneração e são repostos apenas pela natureza. Mas a velocidade com que isso ocorre é lenta, pois a criação destes recursos acontece através de um processo natural que tem seu próprio tempo. Assim, para que não se esgotem, é preciso que sejam retirados da natureza aos poucos e em pequenas quantidades.

Classificação dos recursos naturais

Além da classificação em recursos renováveis e não renováveis, os bens da natureza são agrupados de acordo com seu tipo. Eles são classificados em quatro grupos: biológicos, hídricos, minerais e energéticos.

Recursos biológicos

Os biológicos são os recursos vegetais, como plantas, solo, flores e árvores. Estes bens são usados para muitas finalidades, como na indústria de extração de madeira, agricultura, construção, medicamentos e alimentação. 

Também estão incluídos neste grupo os animais, que são utilizados principalmente como fonte de alimentação e em atividades de agropecuária. O consumo de carne e de leite são exemplos do uso de recursos biológicos animais.

Todos estes recursos formam a biodiversidade de um ecossistema e a conservação deles garante o equilíbrio e a preservação saudável dos ecossistemas. 

extração madeira
Extração de madeira para comercialização

Recursos hídricos

Os recursos hídricos são as águas de mares, rios, oceanos e lagos. Existem recursos hídricos superficiais, que estão nas camadas superiores da terra e recursos hídricos subterrâneos, que ficam em camadas mais profundas de difícil acesso.

Este tipo de recurso é usado para consumo e sobrevivência humana, sendo aplicados em consumo doméstico, no abastecimento de indústrias e na realização de atividades rurais, como é o caso da irrigação de plantações.

A força produzida pelas águas também é usada como fonte geradora de energia em usinas hidrelétricas, que usam a força da água para gerar energia que é fornecida para cidades, regiões de agropecuária e indústrias.

hidrelétrica
Usina hidrelétrica

Recursos minerais

O conjunto de recursos minerais é formado por pedras preciosas, rochas e minerais. São bens produzidos pela natureza, extraídos pelo homem para utilização como matéria prima para diversos produtos ou como fonte energética.

São alguns exemplos: areia, argila, diamante, grafite, ouro, prata, carvão, entre outros. Estes recursos são usados na engenharia, no mercado de pedras preciosas, como fonte de energia, na indústria de produtos de saúde, entre outros.

A extração desse tipo de recurso deve ser feita de forma responsável e planejada, pois seu uso indiscriminado pode levar à escassez destes bens, aumento da poluição de ecossistemas e desequilíbrios ambientais.

carvão
Atividade de extração de carvão

Recursos energéticos

Já os recursos energéticos são todos os bens da natureza que podem ser usados como fonte de energia, sendo alguns renováveis e outros não renováveis. 

O sol, o vento e as águas são exemplos de recursos renováveis usados para produzir energia. Petróleo e gás natural também são exemplos de fontes de energia, mas estes podem se esgotar conforme forem sendo usados.

Existe ainda a energia nuclear, que é produzida a partir de urânio. É uma forma de energia muito potente, que produz eletricidade através de um processo chamado de fissão nuclear.

nuclear
Usina nuclear em atividade

Entretanto, a energia nuclear deve ser utilizada com muito cuidado, pois sua potência pode representar risco de acidentes de graves consequências em função do poder destrutivo da radioatividade.

Leia mais sobre Energia nuclear, Usina nuclear e Lixo nuclear

Veja também os significados de Recursos naturais e Recursos minerais.

Fonte: Significados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado de Salamaleico

O que significa Salamaleico
Salamaleico é uma expressão árabe utilizada pelos muçulmanos como uma saudação, e significa: “que a paz esteja sobre vós”.Originalmente, a grafia correta desta expressão é Salaam Aleikum ou As-Salamu Alaikum, sendo que “salamaleico” seria a versão aportuguesada desta saudação árabe.Quando alguém diz “salamaleico” para determinada pessoa, a resposta esperada deve ser: Alaikum As-Salaam ou Aleikum Essalam, que significa 'esteja a paz de Deus sobre vós também”.Ver também: o significado da expressão Namastê.A partir deste termo, surgiu a palavra salamaleque na língua portuguesa, que possui o significado literal de “a paz esteja contigo”, mas também utilizada para se referir a um cumprimento demasiado polido e sem naturalidade.Esta saudação é comum principalmente entre os muçulmanos que seguem a doutrina religiosa do islamismo.Saiba mais sobre o significado do Islamismo.Fonte: Significados

Significado dos Emojis e Emoticons 😀

Significado dos Emojis e Emoticons 😀
Os emojis e emoticons são representações gráficas usadas para transmitir uma ideia, emoção ou sentimento. Esses símbolos são muito populares em comunicações online, como nas redes sociais, SMS e aplicativos de comunicação instantânea, como o Whatsapp.Emojis mais populares no WhatsappO Whatsapp é um dos aplicativos de comunicação onde os emojis são mais utilizados. Em muitos casos, esses pictogramas podem substituir frases inteiras, transmitindo a mensagem do locutor com apenas um símbolo. O aplicativo do Whatsapp possui o seu próprio design de emojis, que estão disponíveis em todas as plataformas com exceção do iOS (que usa os emojis padrões da Apple).No entanto, muitas dessas imagens gráficas podem ser mal interpretadas. Para evitar enganos, reunimos o significado oficial dos emojis mais populares no Whatsapp.Sorridente (Grinning Face)Este emoji é representado por um rosto com uma grande boca sorridente, mostrando os dentes. Este símbolo costuma s…

Significado de Zonas Pilosas

Significado de Zonas Pilosas
Zonas pilosas é uma região da raiz das plantas onde se situam os pêlos radiculares responsáveis pela absorção da água e sais minerais que farão parte da seiva bruta. Estão situadas geralmente, acima da zona de distensão, onde a raiz apresenta a maior taxa de crescimento.Nas plantas, todas as raízes possuem uma zona pilosa, caracterizada por possuir muitos pêlos finos, que têm como função absorver a água que a planta necessita para as suas atividades vitais sem as quais a planta não consegue viver. Esse processo de absorção da água do solo é uma das matérias primas para o processo de fotossíntese das plantas.A área radicular corresponde a 130 vezes a área da parte áerea da planta e é uma adaptação contra a grande perda de água na forma de vapor - transpiração vegeta. - que ocorre na parte aérea. Quando uma planta é arrancada do solo, perde grande quantidade desses pelos absorventes e de raízes pequenas. Com isso, sua capacidade de absorção, principalmente de…

Exemplos e modelos de procuração

Exemplos e modelos de procuração
A procuração é um documento através do qual uma pessoa (denominada outorgante) transfere poderes para outra (denominada outorgada) para a prática de algum ato jurídico. Essa transferência poderá ocorrer através de procurações particulares ou públicas.As procurações particulares são aquelas que podem ser redigidas e assinadas por qualquer pessoa, enquanto as públicas deverão ser elaboradas e registradas em Cartório de Notas. Por esse motivo, as procurações públicas possuem maior eficácia jurídica, sendo aceitas em qualquer órgão, além de possibilitar a emissão de certidões.Apesar de ser um documento formal, não existe previsão exata de como uma procuração deva ser redigida ou formatada. O Código Civil Brasileiro, em seu artigo 654, §1º exige somente que a procuração contenha:indicação do lugar onde foi passadaa identificação do outorgante e do outorgadoa data e o objetivo da outorgaa descrição e a extensão dos poderes conferidosNo entanto, considerando …

Exemplos de Formatação pelas Regras e Normas da ABNT para trabalhos acadêmicos

Exemplos de Formatação pelas Regras e Normas da ABNT para trabalhos acadêmicos
A Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, entre outras atribuições, é responsável por padronizar a formatação de documentos técnicos, visando facilitar a sua compreensão e o acesso ao conhecimento científico.Essa padronização acontece através das normas da ABNT que, juntas, abordam todos os aspectos de formatação de trabalhos acadêmicos.Veja a lista das principais regras de formatação.Assim, para ilustrar melhor o assunto, reunimos alguns exemplos de documentos corretamente editados conforme essas regras.Capa e Folha de Rosto Conforme o exemplo acima, a capa deverá conter: nome da instituição de ensino, nome do autor, título e subtítulo do trabalho, número do volume (se houver mais de um), local e ano da entrega.Além desses elementos, a folha de rosto deverá conter: a natureza do trabalho, seu objetivo e os nomes dos examinadores.Folha de Aprovação A folha de aprovação, embora incomum na maioria dos …

Significado de Data de emissão

O que significa Data de emissão
Data de emissão é o registro do dia, mês e ano que determinado documento foi emitido pelo seu respectivo órgão emissor, indicando a data em que começou a ser considerado válido.A data de emissão do RG (Registro Geral), também conhecido como Carteira de Identidade, por exemplo, indica a data que este documento foi expedido, ou seja, que passou a ter valor.Na Cédula de Identidade brasileira, a data de emissão também pode ser chamada de data de expedição. A sua localização fica no canto superior direito do verso do RG, assim como as demais informações básicas sobre o cidadão.Ver também: significado da Data de Expedição.Assim como a Carteira de Identidade, outros documentos essenciais do cidadão devem conter a data de emissão, como a Carteira de Trabalho, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), Passaporte, Certidão de Nascimento e CPF (Cadastro de Pessoa Física), por exemplo. Saiba mais sobre o significado de órgão emissor.No CPF, a data de emissão também …

Significado de Pendão

O que significa Pendão
Pendão é o substantivo masculino que significa bandeira ou estandarte.A palavra pendão está diretamente associada com a identidade de um país ou organização, podendo ser uma insígnia. Da mesma forma, pendão pode ser também um emblema de um partido político ou de uma determinada causa.Auriverde pendão é uma expressão usada para designar a Bandeira Nacional Brasileira. Esta expressão teve origem no poema intitulado Navio Negreiro, da autoria de Castro Alves.Pendão real é o hino 46 que se encontra na Harpa Cristã, e indica que Deus deu aos seus soldados um pendão (estandarte, bandeira) que eles devem carregar corajosamente.Pendão no Hino da Proclamação da RepúblicaA palavra pendão também se encontra no Hino da Proclamação da República:Se é mister que de peitos valentes
Haja sangue em nosso pendão,
Este trecho remete para o sacrifício pela Pátria, indicando que se for indispensável, pessoas estão dispostas a lutar e a derramar o seu próprio sangue pela nação.Pendão da…

Significado de Emoji 😉

O que significa Emoji 😉
Emoji é de origem japonesa, composta pela junção dos elementose (imagem) emoji (letra), e é considerado um pictograma ou ideograma, ou seja, uma imagem que transmitem a ideia de uma palavra ou frase completa.Atualmente, os emojis são muito populares nas redes sociais (Facebook, principalmente) e em comunicações de troca de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, por exemplo.A popularidade e influência dos emojis é tão importante nas comunicações contemporâneas que, em 2015, um desses emoticons foi escolhido com “The Word of the Year” (“A Palavra do Ano”, em português), pelo Oxford Dictionary, devido a sua “significância cultural”.Os primeiros emojis surgiram no Japão na década de 1990, criados por Shigetaka Kurita, um dos membros da NTT DoCoMo – principal empresa de telefonia móvel do Japão.Os emojis são muito úteis para transmitir mensagens de modo rápido, sem a necessidade de escrever textos explicativos.Como já diz o ditado popular: “uma imagem vale mais qu…

Significado de Lacraia

O que significa Lacraia
A lacraia é um animal peçonhento (que possui veneno). Faz parte do filo arthropoda, os animais que possuem o corpo sem articulações, e da família scolopendridae.Também é conhecida como centopeia e costuma viver em locais úmidos e escuros, como buracos, jardins, pedras, vasos ou lugares com depósito de lixo ou de entulho.Durante o dia são menos visíveis, sendo mais comum que saiam de seus esconderijos durante a noite. São muito ágeis na movimentação e no ataque às presas.O corpo das lacraias é formado por várias partes, chamadas de segmentos. Cada uma destas partes possui patas afiadas. As lacraias também têm mandíbulas, antenas e ferrões, que servem para dar o bote em suas presas.Lacraia da espécie scolopendra polymorpha. A lacraia é venenosa?Sim, a lacraia é venenosa, por esse motivo é classificada como um animal peçonhento. A picada da lacraia injeta na presa uma quantidade de veneno tóxico, que contém uma substância chamada histamina, que causa uma reação inf…

Significado do Homem vitruviano

Significado do Homem vitruviano
Homem Vitruviano é o nome de um desenho icônico feito por Leonardo da Vinci (1452 - 1519), e representa o ideal clássico do equilíbrio, da beleza, da harmonia e da perfeição das proporções do corpo humano.Também conhecido como 'O Homem de Vitrúvio', esta ilustração foi criada por inspiração a partir do conceito desenvolvido pelo arquiteto romano Marcos Vitrúvio Polião, autor dos Dez Livros sobre a Arquitetura (De Architectura Libri Decem, em latim).O desenho mostra a figura de um homem nu, com os braços e as pernas abertas e em diferentes posições, de modo simétrico. O Homem de Vitrúvio também mostra o conceito da chamada 'proporção divina', sendo que era baseado em figuras geométricas perfeitas e equações matemáticas. Acompanhado da ilustração de Da Vinci, segue um texto que, em conjunto com o desenho, é considerado o Cânone das Proporções. Além de Leonardo da Vinci, outros artistas também fizeram versões sobre o conceito do Homem descri…