Pular para o conteúdo principal

Características do Feudalismo

Características do Feudalismo


O feudalismo foi uma forma de organização política, econômica, social e cultural que surgiu na Europa no século V, após a queda do Império Romano, e que tinha como base a posse de terras.

Nesse tipo de organização, os senhores feudais (proprietários das terras) tinham nos trabalhadores rurais os seus servos.

Confira abaixo as principais características do feudalismo. 

1. A sociedade feudal era dividida em três classes sociais

Pirâmide feudal

Hierarquia das classes sociais do feudalismo

A sociedade feudal contemplava três camadas sociais: nobreza, clero e servos.

clero era responsável por prezar pela espiritualidade da comunidade feudal.

A nobreza era composta pelo rei e pelos nobres.

Os nobres, também chamados de senhores feudais, faziam constantes negociações com o rei em troca de terras e eram responsáveis por gerir os poderes político, econômico e jurídico.

Se por um lado a maior parte da população era iletrada, os filhos dos nobres eram os únicos que tinham direito à alfabetização.

Os servos, por sua vez, constituíam a maior parte da comunidade camponesa e geralmente eram trabalhadores rurais.

Saiba mais sobre os significados de clero e nobreza .

2. Não existia mobilidade entre as classes sociais

As camadas sociais existentes no feudalismo eram consideradas estanque.

Por este motivo, quem nascia em determinada classe social muito provavelmente iria permanecer nela até o fim da vida.

3. As classes sociais mais baixas eram subordinadas às classes mais altas

Os servos, classe social mais baixa do feudalismo, geralmente recebiam dos senhores feudais terras para o cultivo.

A cedência era feita com o único intuito de que as terras fossem cultivadas e que, com isso, fosse criada uma relação de servidão dos servos para com os nobres.

Isso fazia com que os servos desenvolvessem uma ligação de fidelidade, obediência e subordinação. 

Essas terras eram de propriedade dos senhores feudais e em nenhum momento passavam a ser dos servos.

4. Existiam relações de suserania entre os nobres

Quando a cedência de bens era feita de um nobre para outro, o autor da doação era chamado de suserano.

Essa doação de bens não indica necessariamente a doação de terras. Muitas vezes era concedido o uso de certos equipamentos agrícolas, a isenção do pagamento de determinados impostos, etc.

Ao nobre que era beneficiado pela doação, era atribuída a designação de vassalo.

Como forma de retribuição, cabia ao vassalo fazer um juramento de fidelidade ao suserano, se comprometendo, por exemplo, a lutar em seu exército no caso de ser convocado e de ajudá-lo financeiramente se necessário.

Saiba mais sobre o significado de vassalo.

5. A economia feudal era baseada na produção agrícola autossuficiente

agricultura feudal

Agricultura no período do feudalismo

Durante o feudalismo, a atividade de comercialização de produtos não era uma prática comum.

A economia do feudo, principal unidade econômica, tinha como base uma agricultura de subsistência, ou seja, os agricultores produziam para garantir o seu próprio sustento.

Essa produção era autossuficiente e por esse motivo não era preciso recorrer a outros produtores; a quantidade do que era produzido pelos agricultores bastava para eles. Toda e qualquer produção excedente era tomada pelos senhores feudais.

Como não existia a troca monetária, os feudos trocavam entre si os produtos dos quais precisavam, mas que não produziam.

Veja o significado de feudo.

6. Os poderes jurídico, político e econômico eram monopolizados pelo senhor feudal

Apesar de o rei ser a autoridade máxima, os senhores feudais (também chamados de nobres), recebiam muitos privilégios por parte da monarquia. Esses privilégios eram compensados com ajuda militar dos nobres para com o rei.

Assim, eles passavam a ter poder de decisão sobre assuntos de domínio jurídico, político e econômico.

Os nobres tinham, por exemplo, autonomia para criar leis, gerir a justiça, formar exércitos particulares e declarar guerras.

7. A igreja católica tinha uma forte influência durante o feudalismo

A igreja católica era a instituição feudal mais poderosa.

Ela exercia grande influência no cenário econômico do feudo devido ao fato de ser proprietária de muitas terras.

Essa influência acabava por ter reflexo na forma de pensar das pessoas, que consideravam que os sacerdotes estabeleciam uma ligação entre Deus e os homens.

8. A aquisição de terras poderia derivar de guerras

Quando a aquisição de terras não acontecia por cedência do rei ou dos senhores feudais e nem por hereditariedade, era comum que ocorressem através de guerras.

Algumas vezes o motivo dessas guerras era o fato de pessoas que já eram proprietárias de terras quererem expandir seus territórios. 

Outra hipótese era devido ao fim dos laços de servidão dos servos para com os senhores feudais.

O destino da terra, inicialmente concedida ao servo pelo senhor feudal, muitas vezes era decidido através de uma guerra.

9. Os servos pagavam impostos e tributos

A relação dos nobres relativamente aos servos era baseada na exploração.

Os servos trabalhavam nas terras cedidas pela nobreza e por conta disso, eram obrigados a pagar impostos.

Alguns dos principais impostos pagos eram:

  • Capitação: imposto pago por cada membro da família;
  • Dízimo: 10% da produção era pago à igreja;
  • Talha: parte da produção deveria ser entregue ao senhor feudal;
  • Banalidade: pagamento que permitia a utilização de bens do feudo (moinhos, fornos, estradas, etc.).

Curiosidades sobre o feudalismo

  • O feudalismo começou na parte oeste e na parte central da Europa, e se espalhou para as outras partes do continente;
  • Os reis acreditavam que recebiam de Deus o poder enquanto monarcas; 
  • Os senhores feudais moravam em castelos fortificados situados em meio às suas terras;
  • Os nobres costumavam resolver suas questões pessoais através de duelos;
  • As mulheres não tinham qualquer direito na sociedade feudal. Não podiam nem mesmo escolher com quem e quando casar;
  • O feudalismo predominou na Europa durante toda a Idade Média. Nesse período, os hábitos de higiene eram tão precários que doenças como a peste negra se alastraram rapidamente, quase dizimando o continente europeu.

Saiba mais sobre o feudalismo.

Fonte: Significados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado de Salamaleico

O que significa Salamaleico
Salamaleico é uma expressão árabe utilizada pelos muçulmanos como uma saudação, e significa: “que a paz esteja sobre vós”.Originalmente, a grafia correta desta expressão é Salaam Aleikum ou As-Salamu Alaikum, sendo que “salamaleico” seria a versão aportuguesada desta saudação árabe.Quando alguém diz “salamaleico” para determinada pessoa, a resposta esperada deve ser: Alaikum As-Salaam ou Aleikum Essalam, que significa 'esteja a paz de Deus sobre vós também”.Ver também: o significado da expressão Namastê.A partir deste termo, surgiu a palavra salamaleque na língua portuguesa, que possui o significado literal de “a paz esteja contigo”, mas também utilizada para se referir a um cumprimento demasiado polido e sem naturalidade.Esta saudação é comum principalmente entre os muçulmanos que seguem a doutrina religiosa do islamismo.Saiba mais sobre o significado do Islamismo.Fonte: Significados

Significado de Mãos Atadas

Significado de Mãos Atadas
Mãos atadas é uma expressão popular usada para indicar que uma pessoa está sendo impedida de agir, de tomar alguma iniciativa, de tomar alguma medida para resolver ou solucionar algum problema.'Estar com as mãos atadas' é estar impossibilitada, por diversos motivos, de buscar uma solução para se livrar de algo que está lhe importunando, desgostando, perturbando e lhe causando algum incômodo.A expressão 'de mãos e pés atados' é  usada para dar maior ênfase ao seu significado, é para dizer que existe um impedimento bastante significativo para a solução de algum problema.A expressão 'mãos atadas' é também usada para dizer que um indivíduo é sovina, é avarento, que é uma pessoa que não gosta de gastar dinheiro, que economiza tudo que pode, e geralmente o que têm não gasta com bobagens.'Mão atadas' é o nome da música da cantora Zélia Duncan, lançada em 2005, no álbum  Pré, Pós tudo, Bossa Band.'De Mão Atadas' é o título do r…

Significado de Avohai

O que significa Avohai
Avohai é um neologismo criado pelo cantor e compositor brasileiro Zé Ramalho, e consiste na aglutinação das palavras “avô” e “pai”.De acordo com a história divulgada na biografia do artista – “Zé Ramalho: o poeta dos abismos” – esta palavra teria surgido durante uma experiência com drogas alucinógenas.O avô de Zé Ramalho teria desempenhado um importante papel paterno para o cantor, que perdeu o pai biológico enquanto ainda era criança.Na interpretação de Zé Ramalho, o “avôhai” é a sabedoria que consegue passar por gerações, seja de avô para pai, pai para filho, ou mesmo avô para filho.Letra da música Avôhai“Um velho cruza a soleira / De botas longas, de barbas longas / De ouro o brilho do seu colar / Na laje fria onde coarava / Sua camisa e seu alforje / De caçador / Oh meu velho e invisível / Avôhai / Oh meu velho e indivisível / Avôhai / Neblina turva e brilhante / Em meu cérebro, coágulos de sol / Amanita matutina / E que transparente cortina / Ao meu redor / …