Pular para o conteúdo principal

Muro de Berlim

Muro de Berlim


O Muro de Berlim foi um muro de concreto que começou a ser construído na cidade de Berlim e que dividiu a Alemanha física e ideologicamente, de 1961 a 1989, em duas partes:  

  • República Democrática da Alemanha (que utilizava o regime socialista liderado pela União Soviética);

Alemanha Oriental bandeira

Bandeira da República Democrática da Alemanha (Alemanha Oriental)

  • República Federal da Alemanha (que utilizava o regime capitalista).

Alemanha Ocidental_bandeira

Bandeira da República Federal da Alemanha (Alemanha Ocidental)

Construção do Muro de Berlim

No dia 13 de agosto de 1961, Walter Ulbricht, então presidente do lado oriental da Alemanha, ordenou que tropas e veículos do exército fizessem uma barreira que impedisse a passagem de qualquer civil.

Durante a manhã seguinte aconteceu o início da construção. Esse início não teve em consideração nem ruas nem edifícios já existentes no local.

Como tudo aconteceu da noite para o dia, muitas famílias, amigos e vizinhos foram separados repentinamente e assim ficaram por quase três décadas.

A parte leste do país alegava que a construção do muro visava proteger a sua população de elementos fascistas que conspiravam contra a vontade do povo de construir um estado socialista na parte leste da Alemanha.

Na realidade, o muro foi construído para evitar a emigração massiva que marcou a Alemanha de leste durante o período posterior à II Guerra Mundial. 

O lado alemão que estava sob o controle soviético atravessava graves dificuldades econômicas e sociais e, por este motivo, muitas pessoas tentavam fugir para o lado oeste.

Muro de Berlim_1961

Muro de Berlim no ano de sua construção (1961)

Ao longo da construção de 155 km, constavam mais de 300 torres de observação com guardas e uma ampla área conhecida como “faixa da morte”, composta por “camas de fakir” (gramados com pregos), valas anti-veículos e outros tipos de defesas como grades com alarmes, cercas elétricas, arames farpados, patrulhas com cães de guarda e soldados armados.

Divisão do território alemão com o muro de Berlim

A Alemanha ficou dividida em 4 setores de ocupação depois da II Guerra Mundial: soviético, americano, francês e inglês.

Os três setores ocidentais (americano, francês e inglês) eram regidos pelo capitalismo e o setor oriental (soviético), seguia o socialismo.

mapa alemanha divisão

O muro de Berlim criou uma barreira entre toda a parte soviética e a parte ocidental

Relação entre o muro de Berlim e a Guerra fria

A construção do muro de Berlim tornou-se um grande símbolo da Guerra fria pois dividiu o território alemão em Alemanha Ocidental, que concentrava democracias liberais capitalistas e Alemanha Oriental, onde estavam vários estados comunistas.

A Alemanha Oriental ficou sob influência da URSS e a Alemanha Ocidental, sob a influência dos EUA, países que nesse momento da história representavam as duas principais potências mundias.

A parte leste era majoritariamente agrícola e não estava preparada para colocar em prática os planos estabelecidos pela URSS depois da guerra. 

O sistema econômico e social implantado pelos soviéticos gerou resultados insatisfatórios para a população. Muitos tentaram fugir para o lado Ocidental, em busca das melhores condições de vida que aqueles que viviam sob a política americana do capitalismo pareciam ter.

Saiba mais sobre a Guerra fria, a URSS e o capitalismo.

Queda do muro de Berlim

No dia 09 de novembro de 1989, a população alemã foi informada pelo Partido Comunista da Alemanha Oriental de que a travessia entre Alemanha Oriental e Alemanha Ocidental estava liberada.

Queda Muro Berlim

Milhares de pessoas se dirigiram ao local para comemorar e contribuir com o fim da construção separatista.

Queda muro berlim população

A própria população deu início à demolição do muro.

O acontecimento histórico foi transmitido ao vivo pela televisão e acompanhado por pessoas do mundo todo. No entanto, a demolição oficial do Muro de Berlim só teve início no dia 13 de junho de 1990.

A queda do muro em 1989 anunciava o fim iminente da Guerra Fria, que veio a terminar em 1991.

Todo o mundo capitalista comemorou a queda do muro, pois para eles isso representava uma derrota do comunismo.

Consequências da queda do muro de Berlim

As principais consequências da queda do muro de Berlim foram a dissolução da URSS e o fim da Guerra Fria em 1991, e a reintegração da Alemanha.

Por volta dos anos 80, a URSS já demonstrava que não tinha mais condições de enfrentar a competitividade imposta pelo capitalismo americano. Os custos com a Guerra do Afeganistão e com a manutenção de material bélico conjugados com outros problemas econômicos, puseram fim ao bloco comunista.

Com o fim da URSS, a Alemanha foi unificada e se tornou um país mais forte.

Saiba mais sobre comunismo, características do comunismo e comunismo e socialismo.

Curiosidades sobre o muro de Berlim

O surgimento dessa barreira deu origem a dois territórios que praticamente não se comunicavam.

Veja abaixo algumas curiosidades relacionadas com o muro de Berlim:

Foi construído para impedir a saída de pessoas profissionalmente qualificadas

O lado oriental vivia em piores condições econômicas do que o lado ocidental, que era gerido por um sistema capitalista.

Por esse motivo, muitas eram as pessoas que tinham vontade de fugir e tentar uma vida melhor na Alemanha Ocidental.

Um dos motivos da construção do muro foi frear a emigração dos habitantes da parte soviética da cidade, evitando que o oriente ficasse defasado de profissionais como médicos, engenheiros, professores, etc.

O muro passou por algumas reformas com o passar dos anos

berlim 80

Imagem do muro de Berlim em 1980, já com lajes de concreto

Durante os seus longos 28 anos de existência, o muro de Berlim passou por várias alterações.

Originalmente construído de forma mais básica, com tapumes, arames farpados e guaritas improvisadas, o muro foi ganhando uma estrutura cada vez mais sólida.

Com o passar do tempo, a construção passou a contar com lajes de concreto e foram espalhadas mais de 300 torres de vigilância, onde atuavam mais de 11 mil soldados.

Características do muro de Berlim

A muro de Berlim foi uma construção de 155 km, ao longo do qual havia mais de 300 torres de observação com guardas.

As paredes, que inicialmente eram formadas por tapumes, foram reformadas ao longo dos anos com placas de concreto, etc., de forma a aumentar a resistência.

Para evitar a fuga de habitantes que residiam do outro lado, foi criada uma ampla área junto ao muro com pregos, grades com alarmes, cercas elétricas, arames farpados, etc.

Muitos morreram ao tentar passar para o outro lado do muro de Berlim

Ao longos das quase três décadas de existência do muro, mais de cem mil pessoas arriscaram suas vidas tentando a travessia.

Segundo o Registro Central de Criminalidade Estatal e Institucional, localizado na cidade de Salzgitter, o número de mortos é de cerca de 872 pessoas, contabilizando não só fugitivos, mas também soldados.

memorial berlim

Memorial do muro de Berlim com fotos das vítimas

Esse número, no entanto, ainda é alvo de questionamentos e discussões até os dias de hoje.

Além de todo o aparato criado para parar os fugitivos (como cercas elétricas, pregos, cães de guarda, etc.), os soldados responsáveis pela vigilância tinham ordem de atirar em toda e qualquer pessoa que ousasse desafiar os limites impostos pelo muro, ordem essa que ficou conhecida como 'Ordem 101'.

As duas últimas pessoas a perderem a vida tentando atravessar o muro foram Chris Gueffroy  (21 de junho de 1968 – 6 de fevereiro de 1989), que foi baleado com dez tiros no peito pelos soldados da vigilância e  Winfried Freudenberg (29 de agosto de 1956 – 8 de março de 1989), que tentou atravessar o muro em um balão e foi encontrado sem vida em um jardim de uma vila, após a queda do transporte.

últimas vítimas muro de Berlim

Chris Gueffroy à esquerda e Winfried Freudenberg à direita

Era possível passar para o outro lado do muro em pontos específicos

Por incrível que possa parecer, era possível atravessar o muro em locais específicos.

Havia um total de oito passagens mas elas apenas eram autorizadas a cidadãos berlinenses ocidentais, alemães ocidentais, estrangeiros ocidentais e funcionários dos Aliados na Berlim Oriental, cidadãos da República Democrática Alemã e cidadãos de outros países socialistas na Berlim Ocidental, desde que tivessem as permissões necessárias.

O ponto de travessia mais famoso, foi um posto militar chamado de Checkpoint Charlie.

O muro de Berlim nos dias de hoje

Como a derrubada do muro de Berlim contou com a participação direta da população local, muitas foram as pessoas que guardaram pedaços da construção como recordação.

Ainda nos dias de hoje, é possível encontrar quem leiloe essas recordações.

Alguns dos pedaços podem ser, inclusive, encontrados a venda em lojas de lembranças para turistas.

Fonte: Significados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado de Salamaleico

O que significa Salamaleico
Salamaleico é uma expressão árabe utilizada pelos muçulmanos como uma saudação, e significa: “que a paz esteja sobre vós”.Originalmente, a grafia correta desta expressão é Salaam Aleikum ou As-Salamu Alaikum, sendo que “salamaleico” seria a versão aportuguesada desta saudação árabe.Quando alguém diz “salamaleico” para determinada pessoa, a resposta esperada deve ser: Alaikum As-Salaam ou Aleikum Essalam, que significa 'esteja a paz de Deus sobre vós também”.Ver também: o significado da expressão Namastê.A partir deste termo, surgiu a palavra salamaleque na língua portuguesa, que possui o significado literal de “a paz esteja contigo”, mas também utilizada para se referir a um cumprimento demasiado polido e sem naturalidade.Esta saudação é comum principalmente entre os muçulmanos que seguem a doutrina religiosa do islamismo.Saiba mais sobre o significado do Islamismo.Fonte: Significados

Significado de Mãos Atadas

Significado de Mãos Atadas
Mãos atadas é uma expressão popular usada para indicar que uma pessoa está sendo impedida de agir, de tomar alguma iniciativa, de tomar alguma medida para resolver ou solucionar algum problema.'Estar com as mãos atadas' é estar impossibilitada, por diversos motivos, de buscar uma solução para se livrar de algo que está lhe importunando, desgostando, perturbando e lhe causando algum incômodo.A expressão 'de mãos e pés atados' é  usada para dar maior ênfase ao seu significado, é para dizer que existe um impedimento bastante significativo para a solução de algum problema.A expressão 'mãos atadas' é também usada para dizer que um indivíduo é sovina, é avarento, que é uma pessoa que não gosta de gastar dinheiro, que economiza tudo que pode, e geralmente o que têm não gasta com bobagens.'Mão atadas' é o nome da música da cantora Zélia Duncan, lançada em 2005, no álbum  Pré, Pós tudo, Bossa Band.'De Mão Atadas' é o título do r…

Significado de Avohai

O que significa Avohai
Avohai é um neologismo criado pelo cantor e compositor brasileiro Zé Ramalho, e consiste na aglutinação das palavras “avô” e “pai”.De acordo com a história divulgada na biografia do artista – “Zé Ramalho: o poeta dos abismos” – esta palavra teria surgido durante uma experiência com drogas alucinógenas.O avô de Zé Ramalho teria desempenhado um importante papel paterno para o cantor, que perdeu o pai biológico enquanto ainda era criança.Na interpretação de Zé Ramalho, o “avôhai” é a sabedoria que consegue passar por gerações, seja de avô para pai, pai para filho, ou mesmo avô para filho.Letra da música Avôhai“Um velho cruza a soleira / De botas longas, de barbas longas / De ouro o brilho do seu colar / Na laje fria onde coarava / Sua camisa e seu alforje / De caçador / Oh meu velho e invisível / Avôhai / Oh meu velho e indivisível / Avôhai / Neblina turva e brilhante / Em meu cérebro, coágulos de sol / Amanita matutina / E que transparente cortina / Ao meu redor / …