Pular para o conteúdo principal

Significado da Teoria Malthusiana

Significado da Teoria Malthusiana


A Teoria Malthusiana, também conhecida como Malthusianismo, é uma teoria demográfica desenvolvida pelo inglês Thomas Robert Malthus.

De acordo com o pensamento Malthusiano, a população cresceria muito rapidamente e em progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16...), enquanto a produção de alimentos, por sua vez, teria um crescimento lento e em progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5...).

Essa linha de raciocínio é conhecida como lei de Malthus.

Thomas malthus

Thomas Robert Malthus

De acordo com os estudos de Malthus, após um período de 200 anos a população seria 28 vezes maior do que o crescimento da produção de alimentos, o que seria uma grande catástrofe para o mundo.

O objetivo da teoria era chamar a atenção para o problema da falta de alimentos gerado pelo grande aumento demográfico no mundo.

Solução para a falta de alimentos

Em sua obra, Malthus chegou a propor o que ele chamou de sujeição moral.

Segundo ele, a população tinha de evitar um crescimento descontrolado através do casamento tardio, da diminuição do número de filhos planejados e da privação voluntária de seus respectivos desejos sexuais, para assim reduzir o índice de natalidade.

Malthus considerava que, desse modo, o aumento da população ficaria equilibrado relativamente à possibilidade de crescimento da produção de alimentos.

Para ele, o crescimento da produção de alimentos era muito mais lento do que o crescimento da população. Enquanto a produção seguia uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5...), a população aumentava em progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16...).

Por ser religioso (além de estatístico, demógrafo e economista, Thomas Malthus era pastor da Igreja Anglicana), ele era contra a utilização de métodos contraceptivos.

Saiba mais sobre progressão aritmética.

Outras teorias demográficas

A teoria demográfica Malthusiana (ou Teoria Populacional Malthusiana) foi publicada no livro Ensaio sobre o princípio da população, principal obra do economista, em 1798.

Naquela época, a teoria de Malthus não poderia prever os avanços da ciência e da tecnologia que o futuro guardava.

A utilização de máquinas como substitutas do trabalho humano no campo, por exemplo, proporcionou um aumento gigantesco da capacidade de produção alimentícia.

Com isso, ficou claro que a causa da situação de miséria na qual alguns países e regiões do mundo viviam não estava relacionada com a produção de alimentos propriamente dita, ou seja, não se tratava de uma incapacidade de produção, mas sim de uma má distribuição desses alimentos produzidos.

Essas constatações acabaram por confrontar a teoria populacional Malthusiana e com isso, outras teorias demográficas foram formuladas, como, por exemplo, a teoria neomalthusiana e a teoria reformista.

Teoria neomalthusiana

Essa teoria começou a surgir no início do século XX e era baseada da Teoria Malthusiana.

Os neomalthusianos defendiam que se a aceleração do crescimento da população não fosse reduzida, em alguns anos os recursos naturais da Terra esgotariam.

De forma a evitar que isso viesse a ocorrer, os teóricos da teoria neomalthusiana recorreram a propostas que visavam o controle da natalidade.

Essas propostas se tornaram populares e foram denominadas de Planejamento Familiar.

O Planejamento Familiar foi aplicado principalmente em países subdesenvolvidos e de acordo com a população local.

Confira abaixo algumas das principais medidas aplicadas:

  • Esterilização em massa.
  • Distribuição gratuita de anticoncepcionais.
  • Assistência médica para uso de DIU (Dispositivo Intra-Uterino).
  • Promoção de um modelo de família ideal, composta por apenas dois filhos.

Veja também o significado de taxa de natalidade e esterilização.

Teoria reformista

Diferentemente da teoria Neomalthusiana, que tem como base o pensamento Malthusiano, a teoria reformista, por sua vez, é totalmente contrária a esse conceito.

De acordo com os reformistas, a Revolução Industrial e a consequente revolução tecnológica vieram a resolver o problema de produção de alimentos, discordando da ideia dos Malthusianos de que essa produção crescia em números significativamente menores do que o crescimento populacional.

Outra característica da teoria reformista que se opõe à teoria de Malthus está relacionada com a causa da pobreza.

Para os Malthusianos, a pobreza era causada pelo excesso populacional. Os reformistas, por sua vez, acreditavam justamente no contrário. Para eles, a pobreza é que acarretava o excesso de população.

A teoria reformista defendia que se não houvesse a pobreza, haveria melhores acessos à educação, à higiene e à saúde, o que acabaria por regular o crescimento da população.

Os reformistas julgavam que a origem da pobreza se devia à má distribuição social da renda que seria ocasionada principalmente pela exploração sob a qual os países desenvolvidos submetiam os países subdesenvolvidos.

Os teóricos reformistas consideravam que deveria haver uma reforma social por parte do governo no que diz respeito à essa distribuição.

Saiba mais sobre a Revolução industrial.

Fonte: Significados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado de Mãos Atadas

Significado de Mãos Atadas
Mãos atadas é uma expressão popular usada para indicar que uma pessoa está sendo impedida de agir, de tomar alguma iniciativa, de tomar alguma medida para resolver ou solucionar algum problema.'Estar com as mãos atadas' é estar impossibilitada, por diversos motivos, de buscar uma solução para se livrar de algo que está lhe importunando, desgostando, perturbando e lhe causando algum incômodo.A expressão 'de mãos e pés atados' é  usada para dar maior ênfase ao seu significado, é para dizer que existe um impedimento bastante significativo para a solução de algum problema.A expressão 'mãos atadas' é também usada para dizer que um indivíduo é sovina, é avarento, que é uma pessoa que não gosta de gastar dinheiro, que economiza tudo que pode, e geralmente o que têm não gasta com bobagens.'Mão atadas' é o nome da música da cantora Zélia Duncan, lançada em 2005, no álbum  Pré, Pós tudo, Bossa Band.'De Mão Atadas' é o título do r…

Significado de Avohai

O que significa Avohai
Avohai é um neologismo criado pelo cantor e compositor brasileiro Zé Ramalho, e consiste na aglutinação das palavras “avô” e “pai”.De acordo com a história divulgada na biografia do artista – “Zé Ramalho: o poeta dos abismos” – esta palavra teria surgido durante uma experiência com drogas alucinógenas.O avô de Zé Ramalho teria desempenhado um importante papel paterno para o cantor, que perdeu o pai biológico enquanto ainda era criança.Na interpretação de Zé Ramalho, o “avôhai” é a sabedoria que consegue passar por gerações, seja de avô para pai, pai para filho, ou mesmo avô para filho.Letra da música Avôhai“Um velho cruza a soleira / De botas longas, de barbas longas / De ouro o brilho do seu colar / Na laje fria onde coarava / Sua camisa e seu alforje / De caçador / Oh meu velho e invisível / Avôhai / Oh meu velho e indivisível / Avôhai / Neblina turva e brilhante / Em meu cérebro, coágulos de sol / Amanita matutina / E que transparente cortina / Ao meu redor / …

Significado de Salamaleico

O que significa Salamaleico
Salamaleico é uma expressão árabe utilizada pelos muçulmanos como uma saudação, e significa: “que a paz esteja sobre vós”.Originalmente, a grafia correta desta expressão é Salaam Aleikum ou As-Salamu Alaikum, sendo que “salamaleico” seria a versão aportuguesada desta saudação árabe.Quando alguém diz “salamaleico” para determinada pessoa, a resposta esperada deve ser: Alaikum As-Salaam ou Aleikum Essalam, que significa 'esteja a paz de Deus sobre vós também”.Ver também: o significado da expressão Namastê.A partir deste termo, surgiu a palavra salamaleque na língua portuguesa, que possui o significado literal de “a paz esteja contigo”, mas também utilizada para se referir a um cumprimento demasiado polido e sem naturalidade.Esta saudação é comum principalmente entre os muçulmanos que seguem a doutrina religiosa do islamismo.Saiba mais sobre o significado do Islamismo.Fonte: Significados